SAB - Serviço de Animação Bíblica
Serviço de Animação Bíblica (SAB)

Carta aos Efésios: dados introdutórios / Fevereiro de 2023

Foto: Edições CNBB

Neste ano, semelhante a 2022, o carnaval e a quaresma, serão no fim de fevereiro. Apesar de as atividades iniciarem no começo do mês, fevereiro é ainda marcado pela alegria de um novo ano, pela festa do carnaval e pela espera por um momento mais reflexivo, que é justamente a quaresma, tempo de rever a caminhada de fé, um tempo favorável à conversão, de se preparar para a grande celebração do Mistério Pascal de Cristo e um tempo também, de solidariedade.

De fato, junto com a quaresma, no Brasil, temos a Campanha da Fraternidade (CF) que, neste ano, celebra sua sexagésima edição com o tema “Fraternidade e Fome” e o lema “Dai-lhes vós mesmos de comer!” (Mt 14,16). Pela terceira vez, a “fome” é tema da CF (1975, 1985 e 2023), sendo, infelizmente, um flagelo que assola todo o nosso país.

A fome é um tormento para quem a sofre e um grande desafio para a sociedade e a Igreja, não somente pela falta de comida, mas também pela falta de um compromisso cristão e ético, que nos levam a repensar e assumir as relações de justiça, que garantam a sobrevivência de tantas pessoas.

O povo também clama por sofrer a fome de cidadania, de ter os direitos respeitados, de dignidade, enfim de tornar visível o Reinado de Deus  em nosso meio, que é de partilha, de compaixão, de solidariedade, de vida abundante.  

Além da CF, neste mês, nestas Dicas Bíblicas, seremos introduzidos no estudo da Carta aos Efésios, livro bíblico escolhido para o Mês da Bíblia de 2023.  Saberemos um pouco mais sobre a sua autoria, os interlocutores e a finalidade.

A Carta aos Efésios, por muitos anos foi atribuída a Paulo, mas hoje sabe-se que provavelmente foi escrita por um discípulo, colaborador do Apóstolo, ou até mesmo por uma comunidade influenciada pela tradição paulina. Assim, atualmente esta carta é considerada “deuteropaulina”, isto é: escrita em um “segundo tempo”, por continuadores da evangelização de Paulo.

Não há um consenso entre os estudiosos quanto à datação de Efésios, porém a proposta de que surgiu entre os anos 80-90 do primeiro século é a mais provável. Também não temos informação referente ao lugar da redação, pensa-se, de modo geral, na Ásia Menor, região da cidade de Éfeso.   

Ao procurar a identificação dos interlocutores, nos confrontamos com um problema, visto que não há nenhuma indicação no cabeçalho do texto, ou seja, é destinada “aos santos e fiéis em Cristo”, o que significa os batizados/as em geral (Ef 1,1). A expressão “aos Efésios” foi acrescentada posteriormente, porém não aparece nos textos mais antigos.

Essa referência aos Efésios foi por causa da menção a Tíquico (Ef 6,21), que é originário da Ásia (At 20,4) e é situado em Éfeso (2Tm 4,12). A proposta mais aceitável é que tenha sido escrita para várias comunidades, provavelmente, aquelas localizadas a oeste da Ásia Menor. 

Outra dificuldade é identificar a finalidade dessa carta. Há várias propostas, tais como: a de estabelecer a unidade e a paz entre os(as) seguidores(as) de Jesus vindos do judaísmo e aqueles(as) de origem gentílica (proveniente das outras nações).

Outras propostas focam a reconciliação e a unidade entre os membros das comunidades, por causa de conflitos internos, ou ainda, ressaltam os valores evangélicos e reforçam o agir cristão, dado que os(as) batizados(as) enfrentavam o grande desafio de seguirem a Cristo num contexto não-cristão. 

Estes são dados introdutórios, para animar você no estudo da Carta aos Efésios. Por fim, desejamos um fecundo tempo quaresmal e a abertura de coração para refletir sobre esse tema desafiador que é a fome (CF 23).

Como diz o Papa Francisco: “Para a humanidade a fome não é só uma tragédia, mas também uma vergonha. Em grande parte é provocada por uma distribuição desigual dos frutos da terra, à qual se acrescentam a falta de investimento no setor agrícola, as mudanças climáticas devidas às agressões ao meio-ambiente, e ainda o aumento do conflito armado em várias regiões do Planeta.

Por outro lado, descartam-se toneladas de alimentos. Diante desta realidade, não podemos permanecer insensíveis ou paralisados. Somos todos responsáveis” (Mensagem para os 75 anos da ONU para a alimentação e a Agricultura, 16/10/2020).   

Pausa para reflexão

1. No ano de 2023, a Campanha da Fraternidade tem como tema: “Fraternidade e Fome” e o lema: “Dai-lhes vós mesmos de comer!” (Mt 14,16). Convidamos a todas e todos a ouvirem o hino da Campanha, no vídeo abaixo.


2. Aconselhamos você a ler a Carta aos Efésios e assim preparar-se para celebrar o Mês da Bíblia, apesar de setembro estar ainda distante, é bom ir saboreando esse escrito bíblico que tem tanto a nos ensinar. 

 

Zuleica Aparecida Silvano é Irmã paulina e assessora do Serviço de Animação Bíblica – SAB/Paulinas.

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites