Vocação Paulina

Uma espiritualidade viva entre as Filhas de São Paulo

Para a Filha de São Paulo, tudo começa no tabernáculo, tudo se espera e se vive junto ao Divino Mestre. Assim como fizeram as primeiras irmãs, no início da Congregação das Irmãs Paulinas

Foto: Arquivo Paulinas

Quando se fala de espiritualidade, a primeira coisa que vem à memória é uma pessoa especial: Irmã Tecla Merlo. Ela que tinha um espírito profundo de oração, de confiança, de abandono nas mãos de Deus.

Grande confiança na Providência

Tecla Merlo ensina a conservar essa confiança plena na Divina Providência, que no começo sustentou e continua sustentando a missão paulina. Da mesma forma, viver a espiritualidade dos Fundadores, motiva a viver seu exemplo de pureza, de caridade e de amor ao próximo. Como Mestra Tecla sempre falava: “não podemos viver uma vida de oração sem sentir as necessidades de quem se encontra ao nosso lado”. 

É uma alegria muito grande sentir que ela ainda está presente no meio de nós, animando e conduzindo a cada Filha de São Paulo.

Com seu olhar vivo e o seu sorriso contagiante é como se animasse hoje, cada uma,  a continuar contente na missão, a evangelizar com alegria desejando como ela: “ter mil vidas para o Evangelho”.

Mestra Tecla na Família Paulina

Sua presença é muito especial para toda a Família Paulina, não só por estar com Alberione no início da fundação das congregações que compõem a Família Paulina (Pias Discípulas do Divino Mestre, 1924; Irmãs de Jesus Bom Pastor, 1936 e Irmãs Apostolinas, 1960), mas pelo seu exemplo de vida e santidade que ela deixou. Mestra Tecla foi uma pessoa dócil, aberta, obediente aos apelos de Deus, uma mulher que, na oração e na ação foi instrumento fecundo nas mãos de Deus.

Foto: Arquivo Paulinas

O Senhor não precisava de pessoas preparadas, ele precisava de pessoas dispostas. Como a virgem Maria, Mestra Tecla foi humilde em aceitar e responder a cada momento, “sim,” ainda que não compreendesse, só confiava. 

Deus agiu fortemente no primeiro grupo de irmãs de maneira surpreendente e eficaz. Com o tempo, o instituto parecia submetido à ação de uma misteriosa e prodigiosa força de expansão. “Filhas de São Paulo, sempre a caminho. Lançar-se sempre à frente”.

Irmã Tecla deixou uma frase que deve acompanhar as Paulinas em todo momento: “A piedade paulina consiste em viver a vida em Jesus, a tal ponto que os pensamentos sejam os seus pensamentos, os afetos sejam os seus afetos e a  vontade seja a sua vontade”. 

Materiais de Paulinas para conhecer mais Irmã Tecla Merlo

Tecla Merlo - Mulher forte 
Tecla Merlo - 43 min
Tecla, uma vida pelo Evangelho - 55 min

Site Desenvolvido por
Agência UWEBS Criação de Sites